Me chamo Thays Biodere e gostaria de compartilhar um pouco da minha experiência estudando em uma universidade/politécnica na Nova Zelândia.

Há 2 anos atrás estava decidida a sair do Brasil e então tive uma oportunidade de ir para a Nova Zelândia com um partner work visa. No meio disso tudo, eu abandonei a minha antiga faculdade no Brasil para começar outro curso, outra universidade, outra vida na Nova Zelândia. 

Eu não sabia bem por onde começar, incluindo qual cidade e qual preço se encaixava com as minhas condições.

Através do Facebook, pude conhecer uma agente da Yep!Mundi que se ofereceu a tirar as minhas dúvidas e a encontrar uma universidade próxima a cidade que eu gostaria de ficar. Então ela me sugeriu uma politécnica localizada em Hamilton, a WINTEC, a qual se encaixava perfeitamente com o que eu estava procurando.

Durante todo o meu processo de matrícula tive toda a ajuda e suporte da agência e até mesmo uma bolsa de estudos me foi concedida. Tive todo tipo de suporte com documentação, dúvidas, pagamento, contato com a instituição e muito mais.

Sobre a minha experiência como uma estudante internacional dentro da WINTEC, eu diria que é muito mais do que eu pudesse um dia imaginar.

Fiquei encantada com as oportunidades que o sistema educacional daqui oferece aos estudantes. As universidades priorizam muito a saúde mental de todos os estudantes e nunca vamos ter que lidar com sobrecarga ou com algo que não conseguimos suportar.

Dentro da própria universidade temos acesso a saúde tanto física quanto mental, inclusive suporte psicológico. Me sinto completamente segura e acolhida por tanto cuidado com o nosso estado emocional.

Toda a equipe da universidade se coloca disposição para realocar os horários de aula e quantidade de matérias de acordo com a sua disponibilidade e também ajuda a ajustar conforme o horário de trabalho do estudante.

O que mais me surpreendeu estudando aqui é a possibilidade de escolher as matérias da minha preferência, para seguir a área que eu me identifico dentro do meu curso, e a possibilidade de adquirir experiências profissionais tendo a oportunidade de trabalhar com empresas reais dentro da instituição.

A vivência em outro país me proporcionou não somente conhecimentos técnicos na minha área e a fluência de um novo idioma, mas também um desenvolvimento pessoal. Independência, força, liberdade, maturidade, senso critico, uma nova visão do mundo e é maravilhoso estar rodeada por diferentes costumes, culturas e oportunidades.

Ter a oportunidade de morar em outro país, tão diferente do nosso, conhecer pessoas de culturas e nacionalidades diferentes, conhecer lugares novos e comidas diferentes é uma sensação única!

Olá
Podemos te ajudar!